Fadiga crônica – O que é, como tratar


Mesmo dormindo bastante você já acorda acabada? Essa falta de pique pode ser sinal de fadiga crônica.

É super normal que, com tantas tarefas nas costas, às vezes a gente não sinta vontade de fazer nada. Mas. quando isso começa a acontecer com muita frequência, sem você ter tido um dia estressante em nada, vale ficar atenta. O cansaço e a falta de energia podem ser sintomas de vários problemas, e não só de sono atrasado.

Doenças endócrinas, como o hipotireoidismo; cardíacas, como a insuficiência cardíaca; ou até psicológicas, como a depressão, entre as que podem nos deixar assim. E há ainda uma que é pouco lembrada e conhecida, a síndrome da fadiga crônica.

Fadiga crônica - O que é, como tratar

O que é fadiga crônica?

É uma síndrome caracterizada pela sensação de exaustão. A pessoa sente falta de energia física e mental. A intensidade da fadiga varia, mas ela pode ser tão intensa a ponte de atrapalhar na realização de tarefas do cotidiano. O termo fadiga refere-se a diminuição de energia vital e não fraqueza, pois os pacientes apresentam força muscular normal. Por isso, os esforços mentais e não só os físicos também pioram os sintomas da doença.

Como diferenciar a fadiga do cansaço?

A dica para saber se a sua falta de energia merece uma preocupação a mais é observar o que ocorre no seu dia a dia. Se depois de um final de semana de descanso ou de um período de férias você continuar se sentindo sem pique, pode ser hora de procurar um médico.

Os especialistas que tratam de doenças como a fadiga crônica são os reumatologistas e neurologistas, e o diagnóstico é feito afastando outras causas possíveis para os sintomas. É assim porque ainda não existe nenhum exame laboratorial que consiga confirmar a doença.

Pouca informação

O preconceito e a falta de conhecimento sobre a síndrome fazem com que muitas pessoas não acreditem que se trata mesmo de uma doença e achem que é uma frescura.

Os sintomas que são bastante individuais, ou seja, variam muito de pessoa para pessoa, também dificultam o processo. O melhor a fazer na hora de explicar no trabalho ou mesmo para a família é se informar bastante antes.

Fadiga crônica - O que é, como tratar

Tem cura?

Depois do diagnóstico, o médico pode indicar medicamentos. Estimulantes, antivirais e antidepressivos podem ser receitados, dependendo do caso, além de outras medidas. Não há cura para a fadiga crônica, mas também não é uma doença que cause risco de morte, não é grave. Há muitas maneiras de melhorar a qualidade de vida, e essa deve ser a meta do tratamento. Um deles é a atividade física, que no início pode parecer impossível, pois vai cansar muito. Mas depois fará muito bem, tanto ao corpo quanto a mente.

Comentários